Make your own free website on Tripod.com
 
CONSTRUÇÃO DO TENDER
Ficou pronto em ABRIL DE 2004
 Edmar Mammini
 
Locomotiva e Tender
 
 
Tender
Caçamba do Tender
Gradil
Caçamba do Tender
Chassi
Laterais
Laterais
 
 Trucks
 DESCRITIVO DE CONSTRUÇÃO DO TENDER
 

TENDER

Esse é o nome que se dá tanto em inglês como em português, do vagão que está conectado a locomotiva e que sempre andam juntos. Nesse vagão – tender- é que fica a água para alimentar a caldeira e o combustível para a fornalha, que nesse tipo de locomotiva o combustível era lenha e carvão mineral.

 O tender desse conjunto é o que as máquinas tipo “ Pacific” usavam na Estrada de Ferro Sorocabana. O desenho era uma adaptação de um padrão fabricado pela firma   “ Baldwin”  - USA - . Quando a Cia encomendava a locomotiva pedia que viesse com esse tipo de tender. Que seja de nosso conhecimento a Cia nunca fabricou nem locomotivas nem tenders. Era mais fácil importar do que fazer aqui.

 O tender possui dois  trucks com quatro rodas cada e uma única sapata de freio por roda. O truck é do tipo de suspensão compensada, ou seja possui uma única mola para cada conjunto de rodas do mesmo lado. A barra compensadora tem um formato de asa de gaivota e apoia  nas caixas de graxa, a mola é fixada no meio na armadura do truck e em suas pontas tem dois jumelos conectados a barra compensadora.

 A caçamba do tender é em forma de U onde contém água, e dentro do U o carvão. Sobre tudo isso aí ficava a lenha, essa lenha era contida por um gradil que circundava parte do tender.O modelo é cópia fiel do original, sendo que,  pequenas variações de dimensões existem, por ser impossível se fazer certas peças nas proporções exatas, é o caso dos parafusos  pequenos.

 No modelo como no original, os trucks são do tipo montado,(não fundido). No modelo os trucks foram feitos em aço 1.010 ,as caixas de graxa em latão embuchada com bronze, os eixos em aço 1.045 e as rodas em ferro fundido. A caçamba bem como toda sua estrutura foi feita em latão e é toda rebitada, como o original.

 Os “ fittings” como engates , escadas, corrimãos, frisos  e etc são também em latão. O sistema de freios é o convencional, ou seja, sapata de fibra, timoneria em aço,  cilindro de pressão em latão e inox. A única diferença é que no freio original ele é acionado com vácuo, e no modelo é acionado com água pressurizada. A escala obedece a mesma da locomotiva.

 A pintura do tender obedece a regra de pintura sobre latão. A saber:  Toda parte de latão deve ser lavada com solvente, inicialmente com água raz  em seguida com thinner deixa-se secar e se aplica Wash-Primer do tipo catalisavel, deixa-se secar no mínimo 24 horas, se possível mais tempo, em cima desse wash-primer pinta-se com primer- surfacer, deixa-se secar no mínimo 48 horas e daí então aplica-se a tinta a base de nitrocelulose.   As cores são as originais, e são : chassis e truques na cor grafite, e a caçamba e o gradil sobre a mesma, verde folha ,de médio para escuro.

Retornar à página anterior Construção de Locomotivas
Retornar à página principal